Veja como os futuros pais escolhem um substituto e doador de óvulos

As maneiras pelas quais os pais que pretendem escolher um substituto e o doador de óvulos são diferentes, pois os doadores têm um vínculo biológico com o bebê, enquanto os portadores de gestação não.

Existem várias razões pelas quais os pais pretendem fazer parceria com uma doação de óvulos e agência de sub-rogação. Uma das principais é a rigorosa triagem que ocorre. Isso ajuda os futuros pais a escolher um substituto e doador de óvulos.

 

Barriga de aluguel: vai de duas maneiras

Na barriga de aluguel, tanto os pais que pretendem substituto concorda em avançar no acordo. Em outras palavras, é nos dois sentidos.

Nos bastidores, um coordenador da agência terá uma boa ideia de um pai ou mãe substituto com base em entrevistas anteriores. É o processo de entrevista que indica um coordenador para a combinação perfeita.

Os futuros pais primeiro concordam com uma barriga de aluguel depois de ver seu perfil. E, lembre-se, os pais que pretendem ter também seus próprios perfis. Em seguida, o coordenador enviará esses perfis ao candidato substituto.

Se ela gosta do que lê sobre os pais que pretendem, o coordenador marcará uma reunião entre eles. Eles podem conversar entre si por meio de videoconferência ou por telefone.

Em uma agência respeitável, um substituto nunca é obrigado a carregar para alguém. Ela sempre tomará essa decisão final. O objetivo é garantir que as duas partes do contrato sejam felizes - sueter é uma jornada.

 

Veja como os futuros pais escolhem um substituto e doador de óvulos

Escolher um doador de ovo leva tempo

A escolha de um doador de óvulos é diferente para os pais que pretendem. A razão é que uma transportadora gestacional não tem ligação biológica com o bebê que está carregando. Por outro lado, um doador de óvulos terá esse vínculo genético.

O embrião fertilizado será da mãe que pretende ou um doador de óvulos. Se a mãe que está planejando não puder usar seus óvulos, ou os pais que pretendem ser um casal gay, a doação de óvulos é o método usado.

Para a maioria, é mais fácil encontrar uma mãe substituta do que uma doadora de óvulos. Os futuros pais precisam fazer pesquisas mais aprofundadas sobre a etnia do doador, a cor do cabelo e dos olhos, a formação educacional e muito mais.

Os pais pretendentes também querem um doador que se assemelhe a um dos pais.

 

Veja como os futuros pais escolhem um substituto e doador de óvulos

Os doadores de óvulos são anônimos?

Na maioria das vezes eles são.

Uma doação de óvulos é para reprodução de terceiros. Um especialista em fertilidade pode recomendar um doador se o paciente tiver tentativas malsucedidas de fertilização in vitro usando seus próprios óvulos. A doação de óvulos também é o método padrão para ajudar a fertilizar um embrião na preparação para uma transferência de fertilização in vitro para um substituto.

A maioria das agências doadoras de ovos concorda que a maioria de seus casos de doadores é anônima. Isso significa que os doadores nunca encontram os pais que pretendem. Além disso, os doadores não sabem o nome dos pais que pretendem nem mesmo onde vivem no mundo.

Com isso dito, é importante compartilhar que as doações abertas estão começando a se tornar mais comuns. Para aqueles que concordam em abrir doações, como casais do sexo masculino, os pais provavelmente contarão aos filhos sobre isso um dia quando tiverem idade suficiente.